sábado, janeiro 07, 2012


E quem é vivo...

7 comentários:

  1. Vanessa Tavares07/01/2012 18:47

    É super natural o Yan não andar ainda, cada criança tem o seu tempo a Yasmin andou com 1 ano e 3 meses e isso não diferençou nada ela com as outras crianças, e sobre os dentes? Otimo q demorou para nascer, pois qnto mais demora, mais saudaveis serão os dentes dele. Parabéns o Yan é lindoo... que Deus abençõe beijuusss

    ResponderExcluir
  2. aiiiiiiiiiiii que delicia ler um post fesquinho que saudade que tenho de ler aqui esse cantinho amo tanto isso todo dia vejo sem tem post nvo nem que sej rapidinho. Maravilha então agora vc não tem mais um banguelnho kkkkkkkkkkkkk amiga não de ouvido para o que as pesoas falam se os bebes fazem tudo rapido riticam que são precoçe se faz devagar criticam então deixa que falem não é o importante é quem vive tudo isso somos nos bjs muitas saudades e obrgada pela força to mega preisando bjs

    ResponderExcluir
  3. Esse negocio de comparação realmente torra a paciência. Antes eu me preocupava com o Junior sentar, mas foi só eu desencanar e ele sentou.

    A dentição dele tb tá uma novela. Vai fazer 8 meses e necas!!

    Mas é sempre assim, adiantados pra algumas coisas e atrados pra outras.

    ResponderExcluir
  4. amiga..vc é muito especial..não some deste antinho heim..bjinhos tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  5. Eu sei que para nós mães não é nada legal conviver com o fato de que a grande maioria das crianças estão mais adiantadas que os nossos filhos. Passei por isso na minha segunda gravidez. A minha primeira filha Giovanna(9 anos), sempre foi precoce em tudo, nos dentinhos, no falar, andar, enfim. Já o Caio (7 anos) foi exatamente o oposto, mais lento em tudo, principalmente para falar. Inevitavelmente até a gente que é mãe cai no erro de fazer comparações entre um filho e outro ou para quem só tem um, com outras crianças. Na época fiquei desesperada pois o Caio já tinha 2 anos e balbuciava apenas algumas palavras incompletas: papa, mama, aua (água). Formular frase nem pensar!!! Fiquei preocupada levei ele para fazer teste de audição, procurei uma fonoaudióloga que passou exercícios para estimulá-lo e ela sugeriu que eu o colocasse na escolinha. Assim o fiz, aos 2 anos e 4 meses o Caio começou na escolinha. Um mês depois ele havia evoluído muito na fala e pouco tempo depois já estava falando até o que não devia, kkkkk. Então por experiência própria devemos respeitar o tempo dos nossos filhos. Acredito que a nossa ansiedade acaba gerando insegurança e isso vai refletir no aprendizado deles seja no andar, falar, enfim. Então fique tranquila, quando você menos esperar seu pequeno vai estar correndo, kkk.
    Hoje estou grávida de 26 semanas do Davi. Pois é, meu terceiro filho. E estava buscando algumas idéias para criar um blog contando essa fase da minha vida, já que não tive a oportunidade de fazer para o Caio e a Giovanna. Acabei descobrindo o seu blog e espero trocarmos muitas informações. Um abraço Melina

    ResponderExcluir